BLOG

Categorias

Gestão
Gestão de Custo
Outros
Processos
Redução de Custos e Despesas
Rentabilidade e Lucratividade

4 Passos para estruturar o planejamento financeiro da sua empresa

Para obter excelentes resultados e garantir uma boa posição no mercado, os empreendedores devem sempre buscar novas formas e meios de aprimorar os seus processos, visando assim a eficiência e a produtividade da administração empresarial.

Esse fato pode se tornar um desafio para muitos líderes, uma vez que a gestão do negócio exige habilidades de controle e organização em diferentes setores. Um deles é o financeiro, área que trabalha assuntos de vital importância para a sustentabilidade da instituição.

Sem um bom planejamento financeiro, a empresa acaba se perdendo em meio às operações de vendas e investimentos, o que gera problemas como o endividamento e o não cumprimento de prazos. Caso os gestores não tomem as devidas providências, uma das consequências é a estagnação do negócio.

Por isso, é fundamental compreender a fundo como realizar ações estratégicas efetivas para a sua gestão. Para ajudá-lo nesse sentido, preparamos este artigo com os 4 passos para estruturar o planejamento financeiro da sua empresa. Acompanhe!

1. Faça uma previsão de orçamento

A primeira dica para estruturar o planejamento financeiro é realizar uma previsão de orçamento, medida que permite aos gestores obter informações relativas às projeções de ganho e gasto do negócio.

Quando essa prática não é adotada, as decisões tomadas acabam sendo bastante inseguras e propensas a erros e equívocos. Por isso, não deixe de fazer essa análise futura. Aqui, realizar a previsão anualmente pode fazer toda a diferença, pois vai ajudar a encontrar qual a receita e as despesas esperadas para cada mês.

2. Compreenda os custos da empresa

Outra orientação importante é ter uma visão ampla sobre os custos fixos e variáveis da sua empresa. A esse respeito, um dos motivos que causam a instabilidade financeira e a má gestão do fluxo de caixa é a falta de conhecimento dos gestores sobre as suas despesas e lucros.

Nesse sentido, ter uma boa noção sobre todos os gastos, com pagamento de funcionários e contas relativas à manutenção do estabelecimento, permite realizar investimentos de acordo com o potencial de lucro da instituição. Com isso, é possível reduzir problemas como o endividamento e o não cumprimento de prazos.

3. Entenda e registre sua movimentação financeira

A organização é um atributo essencial para qualquer departamento. Desse modo, em se tratando da gestão de finanças, é preciso uma maior dedicação da equipe quanto ao monitoramento da movimentação financeira.

Essa ação deve ser avaliada e registrada periodicamente para que os colaboradores possam obter dados mais confiáveis de suas ações. Fazem parte da análise essencial as movimentações diárias, semanais e mensais, assim como análises mais longas.

4. Controle e reduza gastos

Um dos principais objetivos dos gestores é elevar a sua lucratividade. Isso pode ser alcançado de diversas formas, sendo uma delas efetuar o controle e redução de gastos. Afinal, sempre existem despesas que não apresentam relevância para o andamento do negócio e que, por isso, geram danos na soma de lucro final de cada mês.

Podemos citar como exemplo desperdícios de materiais, erros de produção, escolha errada de fornecedores, entre outros. Ao compreender como eliminar esses entraves você será capaz de alcançar bons resultados e garantir o sucesso da empresa.

Esses foram os 4 passos para estruturar o planejamento financeiro da sua empresa. Vale ressaltar que a tecnologia também pode ser considerada uma ferramenta de grande importância quando o assunto é melhorar o planejamento financeiro da sua empresa. Por isso, não deixe de investir nessa estratégia.

Gostou deste artigo? Então compartilhe em suas redes sociais para que seus amigos e familiares possam ficar por dentro desse tema!