Business Intelligencetambém conhecido como inteligência empresarial — não é mais uma opção na saúde, mas uma obrigação, se a intenção é se manter competitivo no mercado. Para alcançar tal objetivo, é preciso tomar as decisões certas em espaços curtos de tempo. Isso só é possível por conta do uso de ferramentas de análise de dados. Levando isso em conta, as aplicações do Business Intelligence na saúde podem trazer inúmeros benefícios para o negócio.

Sendo assim, elas permitem a realização de análises e tomadas de ação, pois proporcionam o cruzamento de dados de setores diferentes de uma instituição hospitalar, auxiliando na identificação de falhas, riscos e oportunidades. Para saber quais são as vantagens de utilizar BI na saúde, confira o artigo!

O que é Business Intelligence?

Business Intelligence é um conjunto de procedimentos de tratamento de dados cujo objetivo é ajudar os gestores de negócios a tomarem as melhores decisões relacionadas ao seu empreendimento. Esse tratamento se divide da seguinte maneira: coleta de dados, análise e tomada de decisões.

Os softwares de BI são capazes de realizar diversas funções. Eles acessam e examinam grupos de dados, de modo que apresentam resultados em relatórios analíticos, painéis gráficos e mapas. Dessa forma, são oferecidas, aos gestores, informações detalhadas sobre o andamento do negócio.

Como a inteligência empresarial ajuda na saúde?

A escolha de ferramentas e soluções que integrem dados de diferentes fontes possibilita que se tenha uma visão ampla da unidade de saúde como um todo. O BI relaciona diversas informações necessárias para ajudar na estratégia e no funcionamento hospitalar. Portanto, a gestão se torna mais competente.

Como isso acontece? Os softwares de inteligência empresarial ajudam a examinar o desempenho de todos os departamentos da empresa, encontrando gargalos em diferentes setores. Esse processo contribui na otimização de tarefas diárias. Com mais atividades otimizadas, o tempo para executá-las é reduzido, e, assim, acontece o aumento da produtividade.

Por exemplo, na esfera dos diagnósticos: as ferramentas de inteligência empresarial monitoram a evolução clínica do paciente, de maneira que ajuda na escolha das melhores opções de tratamento. Além disso, os resultados geram uma base histórica para a comparação de conclusão de casos semelhantes. Algumas vantagens de BI na saúde são:

Quais são os softwares necessários para implantar Business Intelligence na saúde?

Para a instituição hospitalar se manter sustentável e competitiva no mercado, é necessário fazer avaliações de custos e desempenho dela. Para isso, programas de Business Intelligence na saúde são imprescindíveis. O processamento de dados realizados por eles dá ao gestor a oportunidade de tomar as melhores decisões possíveis para o negócio.

Diante disso, a utilização de softwares de Business Intelligence na saúde é cada vez mais frequente. Então, considere a implementação de um deles na sua unidade hospitalar. Vale lembrar que a MyABCM possui um conjunto de softwares de gestão de custos, rentabilidade e desempenho que podem ajudar seu negócio a crescer.

Se você ficou interessado sobre o uso de Business Intelligence na saúde, entre em contato com a gente!