Atualmente, um termo que está em alta é o Big Data. Trata-se de um conjunto de dados que podem ser extremamente úteis para as empresas. (mais…)

Com o avanço da tecnologia, a maneira de fazer negócio tem sofrido diversas mudanças. (mais…)

É inegável que a produção de <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/governanca-de-dados/”>dados</a> aumentou absurdamente nas últimas décadas. Claro, isso tem a ver com o advento da internet e sua imensa capacidade de compartilhamento em um piscar de olhos.<!–more–> Além disso, é bom ressaltar que as informações são cada vez mais complexas e exigem ferramentas que sejam capazes de analisá-las com precisão. É por isso que iniciativas como o Data Mining — ou mineração de dados — são muito bem-vindas.

Trata-se de uma ferramenta essencial para ajudar nos processos de captura e padronização de dados, auxiliando empresas que querem melhorar seus serviços e produtos a partir de informações concretas. Muitos segmentos do mercado já viram que esse é o futuro: <a href=”https://www.emarketer.com/Article/Spending-on-Data-Driven-Marketing-Set-Rise/1015010″>40% das marcas</a> querem investir mais em marketing baseado em dados.

Por isso, notando a importância desse tipo de tecnologia, neste artigo, nós resolvemos explicar um pouco como funciona a mineração de dados. Entenda!

<a href=”https://landingpages.myabcm.com/fale-com-consultor-pt” target=”_blank” rel=”noopener”><img class=”alignnone” src=”https://www.myabcm.com/images/blog/fale-com-um-especialista.jpg” alt=”” width=”904″ height=”176″ /></a>
<h2><strong>O que é mineração de dados e como ela é vista no mercado?</strong></h2>
Imagine a chance de, no meio de uma grande base de dados, <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/visualizacao-de-dados/”>encontrar informações extremamente úteis</a> para a empresa de uma maneira prática? Pois é, isso não é só real como tem nome: mineração de dados ou Data Mining.

Essa tecnologia separa em padrões os dados capturados, facilitando as análises da empresa. Uma ferramenta da TI que consegue auxiliar diferentes segmentos como a gestão financeira e de pessoas.

Pense que, com a possibilidade de encontrar padrões em uma grande estrutura de informações, a empresa pode tomar decisões mais precisas. Por exemplo, entender melhor os seus clientes, pois conseguiu identificar comportamentos comuns graça a análise das informações — e, assim, pode desenvolver estratégias de vendas exclusivas.

Para uma base de dados como Big Data, uma tecnologia como o Data Mining se faz mais do que necessária. Enquanto o Big Data produz uma série de dados aleatórios, a mineração de dados é capaz de identificar os padrões dentro desse enorme sistema e separá-los.
<h2><strong>Como funciona o Data Mining?</strong></h2>
A função principal do Data Mining é encontrar padrões em um campo de dados: eles podem ser designados conforme o interesse da empresa. A possibilidade de acerto é grande e a companhia ainda pode desenvolver testes para saber se o que foi encontrado realmente será útil para os seus objetivos. Dito isso, para fazer o Data Mining, é preciso que a gestão de TI cumpra 3 etapas: coletar os dados, construir padrões e validá-los.

Primeiramente, todos os dados coletados pela empresa passam por um processo de captura. Depois, são definidos os padrões, ou seja, quais serão os pontos que devem ser analisados. Por fim, são desenvolvidos testes para comprovar se o que foi encontrado realmente funciona na prática.

Destacamos que o Data Mining é uma ferramenta que precisa de investimento por parte da empresa. Além disso, sua implantação exige profissionais capacitados, não só para <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/analise-de-dados/”>analisar os dados</a>, mas organizá-los e desenvolver estratégias para colocá-los em prática.

E aí? Gostou de conhecer um pouco sobre Data Mining e descobrir como essa ferramenta pode ser utilizada para melhorar os processos de sua empresa? Quer continuar aprendendo? Então, acesse o nosso texto sobre <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/aprenda-aqui-usar-o-big-data-como-seu-aliado/”>Big Data e entenda como ele pode ser seu aliado</a>!

<a href=”http://landingpages.myabcm.com/ebook-guia-definitivo-da-geracao-de-caixa-na-empresa”><img src=”https://www.myabcm.com/images/blog/ebook-guia-definitivo-da-geracao-de-caixa-na-empresa.jpg” alt=”” /></a>

As corporações precisam lidar com muitas informações sobre toda a estrutura operacional.<!–more–> Tecnologias como Big Data e computação em nuvem entram em cena para trazer <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/big-data-e-analytics/”>soluções ao administrador</a>. Diante do volume de informação, o gestor precisa de clareza, não é mesmo? Com essa necessidade surgem novas ferramentas de visualização de dados.

Essas ferramentas trabalham com elementos visuais para comunicar padrões e tendências. Tudo isso, com programas simplificados e ágeis.

Esse artigo tem como objetivo explicar como utilizar a visualização de dados para definir estratégias na empresa. Por isso, se você pretende otimizar os custos e ter mais confiança antes da tomada de decisões, continue a leitura!

<a href=”https://landingpages.myabcm.com/fale-com-consultor-pt” target=”_blank” rel=”noopener”><img class=”alignnone” src=”https://www.myabcm.com/images/blog/voce-gostaria-de-reduzir-custos.jpg” alt=”” width=”904″ height=”176″ /></a>
<h2><strong>Benefício da visualização de dados e como aproveitá-la ao máximo</strong></h2>
Existe uma cultura visual presente na rotina da sociedade, já que o cérebro tem facilidade em reconhecer padrões e diferenciar cores. Diante disso, ter informes explanados de forma visual é muito mais intuitivo e a visualização de dados fornece esse foco na mensagem. Confira os benefícios de utilizá-los.
<h3><strong>Contexto mais amplo</strong></h3>
Ferramentas como Excel e <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/crm-e-erp-conheca-suas-vantagens/”>ERPs ainda são muito utilizadas</a> em empresas, entretanto as novas tendências tecnológicas têm conquistado atenção de usuários. Em razão de conseguirem trabalhar amplamente, é possível ter maior quantidade de informações de maneira rápida e lidar com múltiplos usuários instantaneamente.
<h3><strong>Identifica as correlações</strong></h3>
Para uma companhia é muito importante trabalhar com a visualização de dados. Essa abrangência de informações pode ser lida em diferentes modelos gráficos, sendo assim, identificar a correlação de fatores que influenciam e afetam a empresa se torna mais prático.
<h3><strong>Melhora o planejamento</strong></h3>
O planejamento é parte essencial de um negócio e precisa sempre ser aperfeiçoado. A análise gráfica tem muita influência nesse processo, pois oferece fácil legibilidade, mostra as otimizações necessárias e cria previsão sobre as vendas. Isso melhora a estratégia e ações que uma firma deve realizar.
<h2><strong>Como utilizar a visualização de dados para tomada de decisões</strong></h2>
O data visualization (visualização de dados) tem um grande impacto de melhoria em toda tomada de decisões. Geralmente, se percebe a maior diferença de utilizar essa ferramenta na rapidez, baixo custo e assertividade ao realizar uma resolução.

No mercado global existem muitas empresas oferecendo esse tipo de software. Para começar a usar essa ferramenta, dê preferência <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/software-de-gestao/”>a empresas confiáveis</a>, elas vão oferecer esses dados de forma simplificada e direta. Com isso, os setores de estabelecimento estarão integrados sendo fácil prever e solucionar gargalos.

<a href=”https://landingpages.myabcm.com/ebook-substituindo-o-excel-por-um-software-que-impacta-nos-resultados” target=”_blank” rel=”noopener”><img class=”alignnone” src=”https://www.myabcm.com/images/blog/ebook-substituindo-o-excel-por-um-software-que-impacta-nos-resultados.jpg” alt=”” width=”900″ height=”350″ /></a>
<h2><strong>Como analisar a visualização de dados do software da MyABCM</strong></h2>
Utilizar softwares para análise de visualização de dados é algo bastante intuitivo devido às interfaces amigáveis. Existem inúmeros modelos gráficos com cores e desígnios diferentes, apesar de não serem tão difundidos ao público geral — como o padrão de barras e pizza. Veja as especificidades de utilização.
<h3><strong>Gráficos simples</strong></h3>
São modelos conhecidos por um público amplo, são efetivos, porém contam com limitações de acordo com o número de informações. Confira os exemplos:
<ul>
<li style=”list-style-type: none;”>
<ul>
<li>barras;</li>
<li>tabelas;</li>
<li>pizza.</li>
</ul>
</li>
</ul>
<a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/myabcm-express/” target=”_blank” rel=”noopener”><img src=”https://www.myabcm.com/wp-content/uploads/2017/06/04.gif” alt=”” /></a>
<h3><strong>Gráficos complexos</strong></h3>
Esses modelos são utilizados por empresas que tem objetivo de facilitar a visualização de uma gama de informações. Seus modelos podem ser:
<ul>
<li style=”list-style-type: none;”>
<ul>
<li>gráfico de Gantt;</li>
<li>histograma;</li>
<li>dispersão;</li>
<li>linha do tempo.</li>
</ul>
</li>
</ul>
<a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/myabcm-corporate/” target=”_blank” rel=”noopener”><img src=”https://www.myabcm.com/wp-content/uploads/2018/03/9-dashboard-pt.gif” alt=”” /></a>

É importante entender que cada caso tem suas características. As ferramentas têm fácil utilização sendo simples usá-la e ver qual modelo funcionará melhor para a empresa. Essa facilidade em testar e fazer adaptações de acordo com o planejamento, facilita o trabalho do gerenciamento.

Definir estratégias na empresa por meio da visualização de dados vai torná-la mais efetiva. É indispensável contar com a integração de setores e funcionários. Os dados gráficos oferecem a comparação para que seja solucionado situações que podem afetar o <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/controle-financeiro-empresarial/”>funcionamento financeiro</a> e industrial. Isso garante uma estratégia adequada e resultados visíveis.

O artigo foi útil para seu empreendimento? Agora que você entende como utilizar a visualização de dados, já pode <a href=”https://landingpages.myabcm.com/newsletter-pt”>assinar nossa newsletter</a> e receber conteúdos sobre gestão estratégica!

O gerenciamento de dados é um processo que visa coletar, absorver, entender e garantir a segurança de informações úteis e valiosas para a empresa. <!–more–>Para acompanhar o mercado é preciso absorver as informações que surgem a todo o momento, de maneira que possa se adaptar às <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/tendencias-das-tecnologias-disruptivas/”>tendências</a> e gerar crescimento no negócio.

Sendo assim, esse processo é de extrema importância para embasar tomadas de decisões mais precisas e de acordo com as necessidades de sucesso da organização. Para isso, é necessário que você siga e atente para os fundamentos que são importantes. Veja quais são!

<a href=”http://landingpages.myabcm.com/ebook-guia-definitivo-da-geracao-de-caixa-na-empresa”><img src=”https://www.myabcm.com/images/blog/ebook-guia-definitivo-da-geracao-de-caixa-na-empresa.jpg” alt=”” /></a>
<h2>1. <strong>Governança de dados</strong></h2>
A <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/governanca-de-dados/”>governança de dados</a> está relacionada a uma gestão de dados, políticas e processos, tecnologias e pessoas com a finalidade de estruturar e organizar as informações da corporação.

Portanto, esse procedimento é fundamental para o gerenciamento de dados, considerando que é a estratégia responsável por reproduzir todo o exercício das informações coletadas. Dessa maneira, é gerada autoridade, controle e organização de políticas e estratégias envolvidas no negócio.
<h2><strong>2. Gestão de documentação</strong></h2>
Outro importante processo para um gerenciamento de dados seguro e eficiente é a gestão de documentos e conteúdos da empresa. Esse recurso é utilizado e se faz essencial na <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/erros-na-implantacao-de-sistemas/”>implementação</a> de políticas de segurança bem como no planejamento e controle das atividades de armazenamento.

Isso é preciso para assegurar que os dados não estruturados do seu negócio não sejam acessados por terceiros ou pessoas mal-intencionadas. Para isso, as informações e dados cadastrais, estatísticas da empresa, contratos com clientes, fornecedores e procedimentos internos são trabalhados como um verdadeiro patrimônio da organização.

Além da proteção dos documentos e conteúdos, esse processo também visa evitar os riscos de perdas, demora ou falha na localização de informações e a exposição de conteúdos de âmbito sigiloso.
<h2><strong>3. Segurança de dados</strong></h2>
Como podemos perceber, o gerenciamento de dados e a segurança das informações precisam andar juntos. A proteção de conceitos, fatos e estatísticas são fundamentais para o seu correto gerenciamento, evitando vazamentos.

Com isso, a gestão da segurança vem para estabelecer políticas internas e procedimentos que devem ser seguidos à risca e implementados, de modo que todos os dados sejam corretamente armazenados em todo o ciclo de operações ou enquanto forem válidos para a empresa.
<h2><strong>4. Operações de dados</strong></h2>
Além de proteger os dados da sua empresa, é preciso mantê-los organizados e armazenados de maneira adequada e prática para os colaboradores. Para isso, as operações de dados definem políticas para que esse gerenciamento aconteça da melhor e mais otimizada maneira possível.

Lembrando que essas políticas valem para todo o ciclo de vida de uma informação, ou seja, durante todo o período em que ela for valiosa para a sua empresa.
<h2><strong>5. Arquitetura de dados</strong></h2>
O gerenciamento de dados está relacionado às funções da arquitetura de dados — um processo encarregado e voltado para o conhecimento e definição das necessidades das informações.

Sendo assim, essa arquitetura tem como principal objetivo alinhar as informações e estruturá-las de maneira estratégica para os procedimentos e atividades da empresa.

As empresas que não optam pelo gerenciamento de dados estão sujeitas a riscos importantes, como ataques de cibercriminosos, segurança da informação falha e desatualizada, bem como vírus que podem afetar todo o negócio, levando uma empresa até mesmo à falência.

Então, implemente boas operações e políticas de dados para que você não venha a ter problemas com o gerenciamento de dados. O ideal é ter sempre as informações estruturadas e atualizadas que garantam a saúde e crescimento da sua empresa.

Para ter acesso aos nossos conteúdos <a href=”https://landingpages.myabcm.com/newsletter-pt”>assine a nossa newsletter</a> e receba as nossas novidades, dicas e boas práticas de gestão no seu e-mail!

<hr />

<a href=”https://landingpages.myabcm.com/fale-com-consultor-pt” target=”_blank” rel=”noopener”><img class=”alignnone” src=”https://www.myabcm.com/images/blog/fale-com-um-especialista.jpg” alt=”” width=”904″ height=”176″ /></a>

Quando dizemos que uma empresa é orientada pela gestão de dados, significa que a corporação se baseia sempre em evidências,<!–more–> <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/indicadores-de-rentabilidade-indispensaveis/”>indicadores</a> e informações objetivas, de modo que tomem decisões mais embasadas e certeiras. Portanto, é uma abordagem real e objetiva da situação do negócio.

Além disso, a gestão de dados torna a empresa mais criativa em obter dados. Isso acontece porque uma organização orientada por eles consegue ver inúmeras possibilidades e até mesmo dados mais simples, como horas de trabalho ou <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/chatbots-vantagens-para-empresa/”>atendimento ao cliente</a>.

Que tal transformar o seu negócio e passar a se orientar com objetividade e informações reais? Confira a seguir cinco passos para se tornar uma empresa orientada por dados. Acompanhe!
<h2><strong>1. Crie modelos</strong></h2>
A primeira etapa para se tornar uma empresa focada na gestão de dados é criar modelos de análise. Para isso, abra a sua mente para possibilidades, como cruzar dados estruturados e não estruturados, de modo que se crie modelos e projetos únicos.

Essa personalização em modelos de análise de dados só tem vantagens para o negócio, pois permite que, ao usar tecnologias, você conheça as tendências, o comportamento real e a profundidade do mercado. Mas não se esqueça de usar fontes confiáveis, assim, é garantido que a gestão de dados seja eficiente e verdadeira.
<h2><strong>2. Atente para a estruturação</strong></h2>
A estruturação da sua gestão de dados é o que guiará os gestores, por isso, ela precisa ser bem elaborada. Logo, o indicado é que você comece por um planejamento estruturado e completo sobre a <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/erros-na-implantacao-de-sistemas/”>implementação</a> de um modelo.

Nele é onde você definirá a <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/gestao-de-performance-corporativa/”>performance</a> do projeto, a organização e as ações de segurança, levando em consideração as informações que a corporação atua. Esse processo é mais fácil quando é feito no início de uma implementação da sua base de dados. Porém, se ele já existe e você deseja somente aprimorá-lo, foque em um plano de melhorias que trabalhe nos gargalos e falhas identificadas.
<h2><strong>3. Desenvolva e trabalhe a sua equipe</strong></h2>
É muito difícil, para não dizer impossível, implementar qualquer mudança ou modelo sem a ajuda e a aceitação da sua equipe. Na gestão de dados não é diferente, uma vez que os seus colaboradores precisam entender que a tecnologia e as estratégias não trabalham sozinhas.

Portanto, mantenha a sua equipe bem alinhada aos processos e objetivos do negócio e, sempre que necessário, adote treinamentos, principalmente nas fases iniciais de implementação. Desenvolva a sua equipe não só tecnicamente, mas também trabalhe o comportamento e a mudança de visão. Isso será essencial para o sucesso.
<h2><strong>4. Tenha uma cadeia que forneça dados</strong></h2>
Como dissemos, para que a sua gestão de dados seja eficiente, é preciso que as informações sejam atualizadas e reais. Sendo assim, é imprescindível que o negócio tenha e identifique cadeias que forneçam bases e fatos confiáveis.

Afinal, não importa o nicho que a sua empresa esteja inserida, o objetivo é claro e o mesmo das outras organizações: garantir seu sucesso. Porém, isso somente será possível se você adquirir dados atualizados.
<h2><strong>5. Invista na tecnologia certa</strong></h2>
Por fim, não há como ter uma empresa orientada pela gestão de dados sem utilizar a tecnologia e inovações que o mercado oferece. Em contrapartida, é fundamental implementar a modernização correta e adequada para os seus processos.

Afinal, não é todo software ou aplicativo que será funcional para a sua empresa, certo? No entanto, os sistemas básicos que uma organização precisa ter, já que fica difícil acompanhar a velocidades de dados, são os <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/saiba-o-que-e-epm/”>softwares EPM</a>.

Além disso, é essencial contar com tecnologias atualizadas e que ofereçam suporte sempre que for necessário. Somente assim sua empresa terá uma gestão de dados e processos eficientes.

A gestão de dados, além de auxiliar em tomadas de decisões mais embasadas na realidade, proporciona uma mudança também no gerenciamento de todo o negócio. Isso acontece porque a mentalidade será voltada à análise dos dados.

Que tal se aprofundar no assunto? Então confira o nosso artigo sobre <a href=”https://www.myabcm.com/pt-br/blog-post/como-fazer-uma-boa-gestao-de-indicadores/”>como fazer uma boa gestão de indicadores</a> para ter mais confiabilidade em seus dados!

<a href=” https://www.myabcm.com/pt-br/materiais-educativos/” target=”_blank” rel=”noopener noreferrer”><img src=”https://www.myabcm.com/images/blog/materiais-educativos.jpg” alt=”materiais educativos” /></a>

&nbsp;